Foto: YouTube (reprodução)

Fortnite costuma gerar milhares de acessos aos influenciadores digitais. Não foi diferente com o youtuber de Andradas (MG), Augusto Cesar, mais conhecido como Avok, que obteve um significativo crescimento no ano de 2018 após publicar um rap sobre o jogo da Epic Games.

O jovem de 19 anos também já postou paródias que viralizaram no YouTube. Uma delas, publicada há dois meses, já ultrapassou 1,5 milhão de acessos, enquanto outra, divulgada há uma semana, já tem quase 200 mil visualizações.

Influverse: Há um ano você havia desistido do canal. Você imaginava que um ano depois o canal teria uma grande virada?

Avok: Sinceramente não imaginava, pois quando desisti pensava que esse sonho já era impossível, que teria muitos canais e seria mais difícil ainda ter um espaço na plataforma.

Influverse: Em maio do ano passado, na época que o seu rap estava ganhando milhares de visualizações, você foi entrevistado por este portal e disse que tinha a meta de alcançar 10 mil inscritos até o final do ano. Como se sente ao saber que o canal fechou 2018 com quase 100 mil inscritos?

Avok: Foi surreal, eu sempre vi canais chegando em 100K, mas nunca me imaginava nesse lugar, achei que isso acontecia só com os outros (risos).

Influverse: Nesse tempo o seu canal passou uma reformulação significativa. Você começou a usar um nome diferente. Mudou de Augusto Cesar para Avok. Você acredita que essa mudança valeu a pena? Já se acostumou com o novo nome?

Avok: Eu acho que valeu a pena sim. No começo foi difícil me acostumar, pois muitos riam e zoavam o novo nome do canal. Fiquei meio com receio, porém em pouco tempo me acostumei e hoje milhares de pessoas me conhecem como Avok!

Influverse: Você mora em uma pequena cidade do sul de Minas Gerais. Andradas tem 40 mil habitantes. Muita gente acha que 100 mil é pouco, mas dá pra imaginar que mais de duas Andradas são inscritas em seu canal?

Avok: Essa é a parte mais engraçada, pois não dá para imaginar que eu tenho duas cidades que eu moro me seguindo.

Influverse: Você conhece algum youtuber maior que você em Andradas ou você é o maior?

Avok: Eu acho que sou o maior.

Influverse: Em qual pro player de Fortnite você mais se inspira?

Avok: Eu não me inspiro muito em pró player, porém gosto de acompanhar o Blackoutz, Pulga, Tfue, TonyBoy e Ninja.

Influverse: Quais são os youtubers brasileiros, não apenas de Fortnite, em que você se inspira? Por quê?

Avok: Atualmente com o conteúdo que eu faço, me inspiro no Flakes, Gelli e Piuzinho, pois eles conseguem prender sua atenção do começo ao fim do vídeo. Então tento absorver ao máximo o estilo deles para criar o meu.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE.

Influverse: Você é daquele tipo de youtuber que gosta de chegar em eventos, ser reconhecido por muita gente e tirar foto com todo mundo? Ou é mais reservado e não gosta muito?

LEIA TAMBÉM   Mussoumano lança nova música e desabafa sobre a sua atual situação

Avok: Aconteceu poucas vezes de me reconhecerem e tirarem foto, mas acho que seria algo bem legal, pois sempre gostei do contato com o público! Porém sou meio tímido quando alguém me aborda, fico meio sem reação (risos), mas se um dia alguém me ver e quiser trocar uma ideia, tirar foto, receberei com o maior carinho!

Influverse: Você já foi reconhecido por algum inscrito no seu dia a dia (sem ser em eventos)?

Avok: Sim, em uma formatura. Se bem que formatura é um evento.

Influverse: Com certeza sua família te apoia. Mas quando você estava começando no YouTube eles estranharam ou tiveram uma reação normal?

Avok: No começo, lá em 2013, pode ser que eles estranhavam um pouco, porém eles sempre viram que eu gostava de fazer isso, pois desde 2012 eu venho criando canais e fazendo vídeos. Então acabou que eles sempre me apoiaram nas minhas maluquices (risos).

Influverse: Além da mudança no nome, você também está se dirigindo a um público mais infantil. Este será o público-alvo? Pretende desenvolver outros conteúdos para crianças e pré-adolescentes?

Avok: Quando eu comecei os vídeos eu nunca pensei em público alvo. Acho que o fato de eu não falar palavrão e ter um jeitão de crianção ajudou um pouco (risos). Mas eu quero continuar com esse tipo de conteúdo. Acho que se encaixa não só para crianças, mas também para pré-adolescentes.

Influverse: Pretende ir a algum evento neste ano?

Avok: Pretendo ir novamente na BGS. É um evento que costumo ir desde 2016.

Influverse: Já teve treta ou algum tipo de desconforto com algum youtuber?

Avok: Treta nunca tive e pretendo nunca ter, pois não leva a lugar nenhum.

APROVEITE: Xiaomi Pocophone F1 6GB RAM por apenas R$ 1.229,96!

Influverse: Daqui a uns 2 anos você se vê com mais de um milhão de inscritos, morando em outro lugar, com uma mansão, carros e amigos ou ainda é cedo pra imaginar?

Avok: Eu me imagino com um milhão de inscritos, talvez morando em um lugar novo, quem sabe até em uma cidade nova.

Influverse: Você faz faculdade e trabalha. Como consegue conciliar os estudos, o trabalho e o canal? É cansativo?

Avok: É muito difícil. Às vezes tenho que abrir mão do canal um pouco para conciliar, pois exige muito do meu tempo.

Influverse: Qual é a sua meta para 2019?

Avok: Como em um ano eu consegui quase 100K, decidi colocar de meta 300K, pois vou dar todo meu potencial no canal neste ano!

PINGA-FOGO

Influverse: Uma música?

Avok: Fight Back – Neffex

Influverse: Um filme?

Avok: Rocky Balboa

Influverse: Uma série?

Avok: Flash

Influverse: Um país?

Avok: Estados Unidos