Até ao momento os donos do processo ainda não se pronunciaram oficialmente sobre o assunto.
Até o momento, os responsáveis pelo processo ainda não se pronunciaram oficialmente sobre o assunto. (Foto: reprodução)

O influenciador Cristoph, mais conhecido por “Chief” e dono do canal Xbox Mil Grau – que conta com mais de 120 mil inscritos -, foi processado pelo grupo NZN, dono dos sites Baixaki, TecMundo, Voxel e outros. A sentença foi publicada recentemente e deu vitória para o grupo.

De acordo com o processo, que está disponível no site do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), o influenciador está obrigado a apagar alguns vídeos e lives que estavam em seu canal e não pode citar o Grupo NZN, sob pena de pagar uma multa diária, que varia de 10 mil a 500 mil reais.

Chief comentou sobre ter perdido o processo no Twitter e afirmou ainda que liberdade dele está ameaçada e vai recorrer

LEIA TAMBÉM   Youtuber brasileiro diz que vai processar Sony Brasil por supostamente o roubar

Chief vem ficando bastante conhecido por reivindicar a neutralidade a jornalistas gamers e mostrar o seu “currículo gamer” a esses profisionais, ou seja, provar que jogaram o jogo que estão analisando em reviews. O canal também tenta provar que a mídia censura e cria notícias com o objetivo de difamar a marca da Microsoft.

Até o momento, o Grupo NZN não se pronunciou oficialmente sobre o assunto.