Sérgio Moro, ex-magistrado e atual ministro da Justiça e Segurança Pública, criou um perfil no Twitter nesta quinta-feira (4). O jurista não tinha nenhuma rede social quando atuava como juiz da 13ª Vara Criminal Federal.

A adesão de Sérgio Moro ao Twitter chamou a atenção dos internautas, que não acreditaram que o perfil era oficial. Para provar que a conta era mesmo sua, o ministro publicou uma foto segurando um calendário com marcação no dia 4 de abril.

LEIA TAMBÉM   Felipe Neto diz que lei europeia ameaça o YouTube

Esta publicação já soma, até o momento, cerca de 155 mil curtidas e 19 mil retweets. Usuários da rede social interagiram com o tweet de Moro por meio de montagens da foto publicada. Houve críticas e elogios ao ministro.

“Resolvi aderir ao Twitter pois é um instrumento poderoso de comunicação. A ideia é divulgar os projetos e as propostas do Ministério da Justiça e Segurança Pública”, afirmou o ex-magistrado.

APROVEITE: Moto G7 Power 3 GB RAM por apenas R$ 1.189,15!

Moro ainda ressaltou que nem sempre será possível manter a atividade no Twitter, visto que o “trabalho é intenso”. “Mas quando possível darei informações sobre as ações do Ministério”, completou.

Na manhã desta sexta-feira (5), o ministro detalhou uma das medidas incorporadas ao projeto anticrime e disse que depois irá especificar as outras propostas. Todos esses tweets publicados hoje somaram mais de 20 mil curtidas em apenas três horas.