Tweet de Monark gerou grande repercussão nesta quarta-feira.

Na manhã desta quarta-feira (2), o influenciador Monark levantou um debate sobre o uso de fogos de artifício com barulho. O youtuber deu sua opinião sobre o assunto e disse achar “um pouco insensato querer que a humanidade não comemore o passar do ano com fogos porque seu cachorro vai ficar assustado algumas horas”. Monark reiterou que ama os cachorros e que sabe que “eles são fortes o suficiente para aturar fogos uma vez por ano”.

A publicação gerou grande polêmica no Twitter. Outros influenciadores responderam Monark e falaram o que pensam sobre o assunto. Patife, por exemplo, discordou da opinião do colega.

Leon, do canal “Coisa de Nerd” e “Cadê a Chave?”, disse gostar dos shows de fogos de artifício organizados pelas prefeituras das cidades, mas que fogos que são comprados em mercearias e que “só servem pra fazer estalo e matar o cachorro do coração”, não deveriam existir.

Mais tarde, Monark continuou argumentando em defesa da não proibição de fogos de artifício com barulho. De acordo com o influenciador, “egoísmo é proibir a sociedade de soltar fogos no ano, porque você não tem capacidade de proteger seu animal, mesmo sabendo o ano inteiro que ia rolar fogos”.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE.

Damiani ressaltou que existem fogos que não fazem barulho e que as pessoas deveriam “soltar esses ao invés desses rojões que fazem um barulho do caralho”.

Lucas, do canal “7 Minutoz”, e Nofaxu também discordaram de Monark.

Monark ainda sugeriu a utilização de protetor auditivo para cães. Questionado por Saiko se ele iria colocar esses protetores nos cachorros de rua, Monark respondeu que esta deveria ser a atitude correta da prefeitura.

Mais ao final do dia, Monark disse ter adorado participar da discussão sobre fogos de artifício, mas manteve a sua opinião.

LEIA TAMBÉM   Na véspera da eleição, influenciadores declaram seus votos nas redes sociais