É cada vez mais habitual ver a Justiça envolvida em polêmicas com influenciadores digitais no YouTube. Agora, algo pouco comum é observar jornalistas entrando nessa briga e acionar meios jurídicos contra um canal da plataforma. Foi exatamente isso que aconteceu com o dono do canal Xbox Mil Grau, que ultimamente tem se destacado muito por reivindicar a neutralidade a jornalistas gamers.

De acordo com o influenciador Chief, dono do canal Xbox Mil Grau, ele está sendo processado por duas entidades. Um processo é movido por uma empresa que trabalha no ramo do jornalismo gamer e o outro por um jornalista de modo individual. Juntos, eles exigem uma indenização acima de 100 mil reais contra supostos danos causados.

PUBLICIDADE

“Independente se você concorda comigo, por exemplo no caso do “currículo gamer” da “gamertag”…se você acha bobagem, balela…independente disso o debate é válido, inclusive salvo o engano, podem me corrigir, uma das questões éticas do jornalismo é nunca proibir um debate.”

O canal XBox Mil Grau tem se destacado por reivindicar o “currículo gamer” a jornalistas, ou seja, provar que jogaram o jogo game que estão analisando em reviews. Este canal também critica a mídia que, de acordo com Chief, censura e cria notícias denegrindo a marca da Microsoft.

LEIA MAIS: Xbox Mil Grau: o inferno está cheio de boas intenções

“Se a gente fosse um canal totalmente insignificante, se não tivesse propriedade sobre o que a gente fala, se não tivesse argumentação nenhuma, eles simplesmente ignorariam.”

“Eles estão pedindo dinheiro, estão pedindo para tirar vídeos do canal, ou seja, estão tentando censurar o canal de alguma forma.”

Até o momento, os responsáveis pelos processos ainda não se pronunciaram oficialmente sobre o assunto.

 

Fonte: Xbox Mil Grau