Felipe Neto, influenciador com mais de 26 milhões de inscritos, publicou neste domingo (28) um vídeo em que afirma que uma lei europeia pode afetar milhares de influenciadores e – inclusive – acabar com a carreira “youtuber”.

Existe hoje, na Europa, uma nova lei que vai ser aprovada. na verdade é uma emenda, que é muito grave. É tipo bisonhamente grave. essa emenda, esse projeto, ele quer responsabilizar o YouTube, o Facebook ou qualquer plataforma por qualquer vídeo publicado.

Felipe Neto ainda declarou que a plataforma da Google pode proibir o upload de vídeos por parte dos utilizadores na Europa.

Susan Wojcicki, diretora do YouTube, diz que lei europeia é uma ameaça

Alguns dias atrás, a diretora executiva do YouTube, Susan Wojcicki, classificou que a nova lei europeia é uma ameaça a pequenos criadores e a milhares de empregos criados a partir da plataforma.

Fontes ligadas ao YouTube revelaram ao portal EFE que a lei implicaria ter advogados que aprovassem cada vídeo antes da publicação, o que seria impossível. “A cada minuto são enviadas mais de 400 horas de vídeos”.

Como citado por Felipe Neto no vídeo acima, a proposta do Parlamento Europeu também afetaria outras plataformas, como o Twitter e o Facebook.